Trump revoga ordens de proteção ao meio ambiente de Obama

O presidente dos Estados Unidos assinou uma nova ordem executiva para as mudanças climáticas que visa o fortalecimento econômico do país

O que a maioria temia, aconteceu. O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, assinou uma ordem executiva, na Agência de Proteção Ambiental (EPA, na sigla original), que aparentemente freia todas as aplicações do governo federal referentes às regulações climáticas. O texto, inclusive, mostra uma clara diferença entre a maneira de ver o papel dos EUA no combate às mudanças climáticas de Trump e Obama. As informações são do site da CNN.

Divulgação

Para Trump, a ordem irá eliminar o caráter federal ultrapassado e “começar uma nova era de produção e de criação de empregos”.  Em nota oficial, a Casa Branca disse acreditar ser possível “servir ao meio ambiente e aumentar a independência de energia, ao mesmo tempo”. A nova administração indicou qual seria a sua principal missão perante a EPA: ar limpo e água limpa. No entanto, mais importante ainda do que regulamentar as mudanças climáticas é proteger os empregos dos americanos.

A nova ordem, por sua vez, rescinde, pelo menos, seis ordens executivas da “Era Obama” que tinham como objetivo conter as mudanças climáticas e regulamentar as emissões de carbono. A Casa Branca também ressaltou que a melhor maneira de proteger o meio ambiente é ter uma economia forte.

Você sabia que a Coppe UFRJ está inaugurando uma nova  Pós-Graduação em Energias?

A Coppe UFRJ está lançando o MBEN, uma MBA lato sensu que abrange todas as fontes energéticas, do petróleo às renováveis, para profissionais que desejam se especializar no futuro da Energia global. Cadastre seu email abaixo e receba mais informações sobre a primeira turma em breve.


MBE-COPPE/UFRJ formando especialistas ambientais desde 1998 - mbcursos.coppe.ufrj.br

Comentários