Energia renovável também pode oferecer segurança

Capacidade de obter a segurança energética através das fontes renováveis anima governos europeus

Todo mundo sabe que as fontes renováveis de energia são obviamente mais limpas e principalmente de baixo custo. Mas o que poucos ainda não perceberam é que, com o mundo envolto em um clima de tensão geopolítica e com inúmeros conflitos armados, a energia limpa também pode oferecer algo a mais: segurança através do potencial de independência de energia. Isso mesmo.

E quem já começou a entender essa possibilidade é a Alemanha, uma vez que os legisladores estão cada vez mais propensos a fomentar esse projeto de independência energética a partir das fontes renováveis para substituir a energia nuclear e os combustíveis fósseis. Inclusive, o governo alemão possui planos ambiciosos, nesse sentido. Eles afirmam que, em 2015, a energia renovável representou cerca de 30%  do “total da geração de energia”. Craig Morris, do Instituto de Estudos Avançados para Sustentabilidade, afirmou que a ideia é fazer com que os alemães queiram produzir boa parte da energia em casa, porque eles “sabem que podem contar com ela”, o que reduziria a exposição a rupturas.

Energia eólica surge como uma das principais opções, principalmente devido ao baixo custo/Foto: Divulgação

Energia eólica surge como uma das principais opções, principalmente devido ao baixo custo/Foto: Divulgação

Por isso mesmo, a energia eólica vem se firmando como uma das partes mais importantes do setor energético da Europa (principalmente em países como a própria Alemanha, por exemplo, que não possui luz solar tão intensa), especialmente por ser uma das fontes naturais mais baratas.

Para saber mais sobre esse e outros temas ambientais, inscreva-se no MBE, a mais reconhecida Pós-Graduação em Meio Ambiente do Brasil, e torne-se um especialista, com certificado de especialista concedido pela Coppe/UFRJ. Nosso módulo de energias renováveis foi ampliado recentemente e você terá a oportunidade de aprender e debater esse e outros assuntos.

Faça parte da 39ª turma: http://www.meioambiente.coppe.ufrj.br/a-pos-graduacao/


MBE-COPPE/UFRJ formando especialistas ambientais desde 1998 - mbcursos.coppe.ufrj.br

Comentários