Empréstimo garante US$ 300 milhões ao Brasil para investimentos em energia renovável

Parceria firmada entre o BNDES e o Novo Banco de Desenvolvimento garante verba para fomentar o setor de energias renováveis

Pela primeira, o Brasil receberá um empréstimo do Novo Banco de Desenvolvimento (NDB, na sigla original, em inglês) junto com o BNDES para apoiar investimentos relacionados à geração de energias renováveis. O valor total é de Us$ 300 milhões. Essa parceria visa desenvolver o setor de energias renováveis apoiando projetos de geração eólica, solar, hidroelétrica, com biomassa, biogás e resíduos agrícolas.

Divulgação

A expectativa é de que os investimentos resultantes desse empréstimo adicionem cerca de 600 MW à capacidade de geração do país. O BNDES, por sua vez, pretende variar e ampliar suas fontes de recursos. Esse empréstimo tem prazo de 12 anos, e um período de carência de três anos e meio, com taxa de juros baseadana Libor. O NDB também já divulgou duas operações com China, mais duas com a Índia, uma na Rússia e outra, na África do Sul.

Você sabia que a Coppe UFRJ está inaugurando uma nova  Pós-Graduação em Energias?

A Coppe UFRJ está lançando o MBEN, uma MBA lato sensu que abrange todas as fontes energéticas, do petróleo às renováveis, para profissionais que desejam se especializar no futuro da Energia global. Cadastre seu email abaixo e receba mais informações sobre a primeira turma em breve.


MBE-COPPE/UFRJ formando especialistas ambientais desde 1998 - mbcursos.coppe.ufrj.br

Comentários