Empresas mundiais se unem para difundir a ideia do hidrogênio como energia limpa

12 empresas do setor automobilístico e energético defenderam o uso da nova tecnologia em Davos, na Suíça

Grandes grupos europeus e asiáticos resolveram unir forças para difundir o hidrogênio como fonte de energia limpa e, assim, ajudar a reduzir as emissões de gases de efeito estufa. De acordo com informações da Rádio França Internacional, as 13 empresas que firmaram acordo são: BMW, Daimler, Honda, Hyundai, Kawasaki, Shell, Air Liquide, Alstom, Engie, AngloAmerican, Linde, Total e Toyota.

Foto: divulgação

Em Davos, na Suíça, onde é realizado o Fórum Econômico Mundial, o chamado “Conselho do Hidrogênio” (Hydrogen Council, no original) fez a defesa do uso dessa nova tecnologia, que não emite CO2 quando é consumida. O grupo se comprometeu a compartilhar dados e pesquisas para estimular o uso do hidrogênio em nível global e ressaltou que essa energia não apenas alimenta as células de combustível em veículos automotivos, mas também é capaz de aproveitar a parte de energias renováveis (solar ou eólica) que é produzida, mas que se perde porque não pode ser armazenada.

Para saber mais sobre esse e outros temas ambientais, inscreva-se no MBE, a mais reconhecida Pós-Graduação em Meio Ambiente do Brasil, e torne-se um especialista, com certificado de especialista concedido pela Coppe/UFRJ. Nosso módulo de energias renováveis foi ampliado recentemente e você terá a oportunidade de aprender e debater esse e outros assuntos.

Faça parte da 39ª turma: http://www.meioambiente.coppe.ufrj.br/a-pos-graduacao/

 


MBE-COPPE/UFRJ formando especialistas ambientais desde 1998 - mbcursos.coppe.ufrj.br

Comentários