Correntes de ar são alteradas pelo aquecimento global

Maior incidência de secas, inundações e ondas de calor é resultado dessas alterações

As mudanças climáticas estão alterando as correntes de ar e gerando outras graves consequências. O professor Michael Mann – que já havia dito que o aquecimento global não é um evento natural – reiterou que o aumento de secas, inundações e ondas de calor é resultado da situação climática atual, e principalmente das alterações nas correntes de ar do planeta.

Divulgação

Essas alterações são influenciadas pela diferença de temperatura entre o Ártico e o Equador. O problema é que o Ártico vem se aquecendo mais rápido do que os climas tropicais, assim como a terra também está aquecendo mais rápido do que o oceano. Tudo isso está mudando o fluxo das correntes de ar.  Cientistas, por sua vez, alertam que esse aquecimento crescente do Ártico pode causar um “efeito catastrófico” no clima do Hemisfério Norte e ressaltaram também que, apesar de haver uma suspeita de que a atividade humana contribuía para esse padrão, agora, realmente foram descobertas impressões digitais.

Você sabia que a Coppe UFRJ está inaugurando uma nova  Pós-Graduação em Energias?

A Coppe UFRJ está lançando o MBEN, uma MBA lato sensu que abrange todas as fontes energéticas, do petróleo às renováveis, para profissionais que desejam se especializar no futuro da Energia global. Cadastre seu email abaixo e receba mais informações sobre a primeira turma em breve.


MBE-COPPE/UFRJ formando especialistas ambientais desde 1998 - mbcursos.coppe.ufrj.br

Comentários