Arábia Saudita irá investir até U$ 50 bi em energia limpa

País planeja lançar um grande programa de energia, bem como promover uma interconexão com outras nações para troca de fontes não-fósseis

A Arábia Saudita resolveu apostar grande em energia limpa e pretende desembolsar um valor de até U$ 50 bilhões em fontes renováveis e nucleares, a curto prazo. Com a redução do preço do petróleo e o déficit orçamentário, o país está pronto para lançar as primeiras licitações para um grande programa de 10 gigawatts de fontes renováveis com um investimento total de U$ 30 a U$ 50 bilhões, até 2023.

Arábia Saudita prevê investimento de até U$ 50 bi em energia limpa, até 2023/Foto: Divulgação

Em relação às energias nucleares, a Arábia Saudita planeja construir dois reatores com uma capacidade total de 2,8 gigawatts. Além disso, também está prevista uma interconexão de um projeto de energia renovável com Iêmen, Jordânia e Egito para a troca de fontes de energia não-fósseis.

Para saber mais sobre esse e outros temas ambientais, inscreva-se no MBE, a mais reconhecida Pós-Graduação em Meio Ambiente do Brasil, e torne-se um especialista, com certificado de especialista concedido pela Coppe/UFRJ. Nosso módulo de energias renováveis foi ampliado recentemente e você terá a oportunidade de aprender e debater esse e outros assuntos.

Faça parte da 39ª turma: http://www.meioambiente.coppe.ufrj.br/a-pos-graduacao/

 


MBE-COPPE/UFRJ formando especialistas ambientais desde 1998 - mbcursos.coppe.ufrj.br

Comentários